Métodos de organização

Como você se organiza? Muitas vezes, no anseio de organizar, acabamos criando esquemas e sistemas tão complicados que acabam sendo difíceis de manter. Parece que é difícil se organizar, mas não é esse o problema. Você ainda não encontrou o que funciona para você. É realmente difícil criar um sistema funcional partindo do caos. 
Se você conseguiu implementar um sistema só seu e que funciona lindamente, PARABÉNS! Caso não tenha ainda um sistema completamente funcional, ou mesmo se você está completamente perdido, sem saber para onde ir, eu tenho boas notícias: existem alguns métodos de organização que você pode seguir religiosamente ou adaptar (por sua conta e risco) conforme as suas necessidades, até mesmo mesclando e criando o seu Frankenstein.

Getting Things Done (GTD)

O famoso método do David Allen começa com uma abordagem simples: esvaziando a mente e organizando as ações, tarefas e projetos que estão acontecendo nesse momento agora, até chegar à big picture: o que você pretende fazer com essa sua vida?
A regra dos dois minutos, a coleta e as revisões periódicas são hábitos do GTD que você pode incorporar.
A gestão das ações no GTD é muito prática, muito simples e elimina aquele estado de confusão mental em que você tem tanta coisa pra fazer que não sabe por onde começar. 

Balanced Scorecard (BSC)

Um pouco menos famoso na organização pessoal, mas bem conhecido na administração de empresas. A construção do BSC se inicia em uma profunda reflexão sobre a sua vida, seus objetivos, seu propósito... há uma fase de diagnóstico bastante intensa antes de se definir estratégias, objetivos e iniciativas, que são as práticas pelas quais os objetivos serão alcançados.

Propósito, estratégia e metas mensuráveis são lições importantes do BSC para a sua organização pessoal.

A abordagem macro para micro providencia uma visão muito mais clara sobre aquilo que é importante, aquilo que é necessário e aquilo que deve ser descartado. Boa parte da desorganização vem da quantidade de descartáveis que a gente carrega na vida: coisas, ideias, tarefas, papéis, pessoas...

Marie Kondo (KonMari)

Isso te traz alegria? O último grito da moda em termos de organização pessoal/doméstica é o método da Marie Kondo (KonMari), que traz uma correlação muito forte entre a organização pessoal e a organização doméstica. De fato, a organização da casa terá um forte impacto na sua organização pessoal e vice-versa. O KonMari é um método pra quem está disposto a fazer mudanças radicais. Certamente será recompensado com resultados rápidos.

Simplicidade, desapego, minimalismo são palavras muito importantes para quem quer se organizar, as quais a Marie Kondo leva muito a sério, muito mesmo. Essa "limpeza radical" é fundamental para transformar o lar no refúgio aconchegante que ele deve ser.

FlyLady

Trata-se de um sistema para organização doméstica criado há quase vinte anos por uma americana, em um grupo de emails. O método é todo direcionado às mulheres, mas serve para qualquer pessoa que precisa cuidar da casa, mas não tem tempo sobrando pra isso.


Nos acostumamos a limpar a casa exaustivamente no final de semana, para na terça-feira estar de volta ao caos. O sistema FlyLady ensina a distribuir a limpeza durante a semana. Você não precisa perder horas esfregando o encardido se pode rapidamente limpar o que está um pouco sujo. Pode ser que a sua casa nunca fique im-pe-cá-vel, mas sempre estará decente caso alguém apareça de repente.

Esses são alguns dos métodos que eu uso ou já usei. Lembre-se que não existe método absolutamente melhor, o melhor é o que funciona pra você. Você utiliza um método para se organizar ou criou seu próprio sistema? Quais são suas referências de organização?

0 comentários: