4 motivos para continuar na bagunça

A maioria das pessoas que vivem na bagunça não estão nessa situação por hobby ou porque possuem um estilo mais despojado de decoração. Na verdade, todo mundo tem lá seus motivos para não ser organizado. Será que o seu motivo é uma justificativa ou só aquilo que você fala para se convencer de que não dá pra se organizar?


Minha vida é muito corrida

Quanto mais agitada é a sua vida, mais organizada ela precisa ser. Pense bem, quem passa o dia inteiro fazendo nada não precisa organizar coisa nenhuma, né? Organização não é mais uma tarefa pra ocupar o seu tempo - é o sistema que vai fazer com que todas as coisas fluam corretamente. É para ganhar tempo, facilitar a vida. Talvez você realmente tenha muitas coisas para organizar e precise para um dia ou dois para colocar tudo em ordem. Mas quer saber de uma coisa? Você vai perder muito mais tempo, dinheiro e fios de cabelo enquanto a desordem continuar lhe causando problemas.

Eu moro com pessoas desorganizadas

Conviver com gente bagunceira é desestimulante, mas você não precisa ser desorganizado só porque todo mundo é. Certamente você tem algum lugar da casa que é território só seu. Pode ser um cômodo - seu quarto, seu escritório/ateliê, a cozinha... - ou mesmo um armário, uma porta no guarda-roupa. Não tente organizar a casa inteira quando só você comprou a ideia, obrigando todo mundo a seguir aquilo que você acha correto. Cuide primeiro da sua bagunça particular.

Em uma palavra: filhos

Eu estou correndo um risco grave ao tocar nesse assunto porque parece que existe uma regra não escrita de que pessoas que não têm filhos não podem falar sobre pessoas que têm. Bom, eu discordo dessa regra assim como discordo que você possa colocar em seus filhos a culpa pela bagunça na sua vida. Primeiro, porque um ambiente desorganizado é perigoso para crianças. Segundo, porque organização é um hábito, e como tal pode (deve!) ser aprendido desde cedo. Terceiro, porque você não precisa proibir a bagunça na casa, só tem que ensinar a organização de forma positiva (como benefício, e não como uma obrigação chata - se você tem essa atitude com relação à organização, as crianças vão perceber e copiar).

Mas é muita bagunça!!

É difícil começar, eu sei. Dá aquela preguiça, é tanta coisa pra fazer que não se sabe nem por onde começar. Bom, você pode fazer isso de duas formas: para tudo e foca na organização - o trabalho só para quando estiver tudo pronto. É assim que a Marie Kondo prefere. De fato, existem algumas pessoas que realmente não conseguem pensar em outra coisa enquanto está tudo de pernas para o ar. Se for esse o seu caso, é melhor organizar tudo de uma vez e depois se dedicar às outras tarefas com qualidade.
Esse método não é viável para todo mundo, e sequer faz sentido quando você está lidando com ambientes compartilhados. Se você não tem quatro horas para fazer uma grande arrumação, divida essa tarefa gigante em tarefas menores. Organize uma gaveta, ou as roupas nos cabides. Melhor ainda: comece jogando fora tudo o que é lixo. Pronto, tarefa concluída. Depois, você pode organizar as coisas que estão fora do lugar.

Pouco a pouco, a organização vai se espalhando pela casa, e a cada tarefa cumprida, uma carga de dopamina no cérebro - sim, o mesmo hormônio que é liberado quando você faz sexo ou come chocolate - dá aquela sensação de alívio e satisfação. E por que você não começou a se organizar? Pare de procurar motivos para continuar onde está. Apenas comece.

0 comentários: