Cachos de verão





Começou a fazer calor e o cabelo está enorme. Só não está maior que a minha vontade de cortar bem pequenininho. Enquanto eu não descubro um salão de confiança na minha cidade atual, fico juntando referências até a próxima viagem para Curitiba.



Eu geralmente deixo o cabelo crescer por um ou dois anos, aí faço um corte mais radical. O cabelo mais curto que já tive depois de "grande" foi na altura do queixo, como nesses cortes acima. Já cortei  sozinha um pouquinho maior, na altura do ombro. (Não ficou bom, acabei indo no salão para acertar e foi assim que encontrei um cabeleireiro pra chamar de meu).

Dá uma vontadezinha de cortar ainda mais dessa vez, mas a mente começa a divagar em inseguranças: e se não ficar bom no meu cabelo? será que combina comigo? eu não vou enjoar antes do cabelo começar a crescer? e se ele não crescer nunca mais? mas não é lindooooooo????



Outra coisa que eu nunca fiz foi pintar o cabelo. Já pintei duas mechas há mais de dez anos, com a tinta que a minha mãe estava usando para pintar o cabelo dela. (Novamente, não ficou bom, só que dessa vez o jeito foi esperar crescer, mesmo. Aliás, eu acho que eu gostava das mechas, o meu eu de hoje é que não acha bonito hahaha).



Mas olha que coisa mais linda esse cabelo iluminado, esses cachinhos acesos, essas cores de outono! Tenho muito medo de tinta? Ainda tenho. Mas com um profissional de confiança dá pra arriscar, né? Esse é o lado bom de não ter um salão de confiança por perto, tenho bastante tempo para pensar no assunto... Até dá vontade de passar a mão na tesoura, mas dessa vez eu vou ter paciência.

E você, se inspirou em alguma dessas fotos?

Todas as fotos vieram do meu Pinterest.

0 comentários: